18 julho 2006

Tem dia que a noite é fogo

Tem dia que a noite é fogo...

Hoje porem, é dia que o dia todo vai ser fogo!
Sabe quando você acorda com vontade de sumir, quando parece que ninguém é importante e que o mundo conspira contra ti!? Pois é... é assim que estou me sentindo, talvez muitas pessoas gostariam de estar no meu lugar, mas eu seria mais hipócrita do que já sou se dissesse que estou feliz do jeito que estou.

Me sinto incomodada em saber que mesmo com tudo o que Deus tem me dado eu ainda assim reclamo e me sinto incompleta, talvez Deus esteja respondendo minha oração. Orei com uma música: "que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e que do pó possa brotar um perfeito adorador." Tenho certeza que perfeita eu nunca serei, mas espero que essa fase da minha vida já seja resposta dessa oração.
Esses dias me fazem pensar na minha vida enquanto cristã.

No domingo vou a igreja, louvo, escuto a palavra e tento adorar com minha alma, mas quando chega segunda feira parece que me transformo em outra pessoa, será isso reflexo da religiosidade!? Talvez sim, mas também pode ser uma forma de medir o quanto se está distante de Deus, e se for isso eu devo estar anos luz dEle.
Dizem que a religião cega as pessoas, e eu digo que ficar distante de Deus é uma tortura, talvez mil vezes pior do que a cegueira, é como se te faltasse o coração, e não é possível viver sem um coração... não é possível VIVER longe de Deus, você sobrevive.
Mas ainda não posso dizer com certeza que a religiosidade seria melhor do que ficar longe de Deus, o que você acha?

Religião de uma forma ou de outra acaba te afastando de Deus, então além de cego você sente um vazio, agora a distancia te deixa o vazio, porem você enxerga o que está acontecendo. Eu acredito que podendo enxergar a dor aumenta, mas a cegueira não te deixa lutar e tentar buscar.
Eu concluo essa parte acreditando que mesmo que dor seja quase insuportável, ainda assim é melhor se ver distante, do que não se ver e sobreviver achando que Deus só te abençoa se você fizer tudo conforme o figurino.

Porém a grande questão não é saber qual o seu estado, e sim saber como sair dele, tanto um como o outro precisa de providência, mas ainda não descobri o que, quando descobrir me tornarei mais forte do que qualquer força que tente me afastar novamente, me tornarei mais feliz do que um dia já fui, e louvarei a Deus com gratidão em minha alma.
Muitas pessoas já me disseram que basta buscar a Deus, mas vou te dizer, nunca foi tão difícil buscá-lo, encontrar então está complicado, mas morrerei tentando.
Não é tão fácil como o pastor prega, nem tão simples como seu amigo do peito diz. É engraçado como as pessoas dizem que Deus é supremo, porem pregam que buscá-lo e encontrá-lo é fácil.
Pensei agora em um pedaço de versículo que diz: "Buscai enquanto se pode achá-lo..." Se fosse tão fácil encontrar a Deus o tempo para isso não seria limitado, você poderia encontrá-lo em todo o tempo, pelo menos é assim que vejo hoje, talvez esteja errada, mas pense bem se isso não faz sentido!

O que menos pretendo agora é ser hipócrita e dizer que vou buscar a Deus e sair dessa situação, como se dependesse tão somente da minha vontade, não creio que dependa, se hoje estou vivendo tudo isso é por que algum propósito tem, ainda não sei qual é, talvez nunca saberei, mas tem.
Talvez a distancia não seja tão grande, talvez esse vazio seja somente uma necessidade de conhecer mais o Criador.
Entre ser ou não ser, aqui estou eu, escrevendo um texto não sei por que nem pra quem, mas existe um propósito nisso também, ou não.
É... realmente o : "ser ou não ser eis a questão", faz parte da minha existência, e isso talvez tenho algum propósito também, ou não... rsrsrsrs...
Espera ai... na bíblia diz que tudo o que acontece debaixo do céu e em cima da terra tem um propósito, então sempre tem, mas nem sempre descobrimos qual é, mas com certeza meu propósito aqui não seja te convencer disso, ou seja... rsrsrs...

Deus está longe, mas não é impossível de achá-lo, é difícil, mas não impossível, se existe algum método mais fácil eu ainda não descobri, mas não acho que seja tão somente ler a bíblia e orar, é algo além disso... é saber fazer a diferença por onde você passa, é controlar seus pensamentos contra as pessoas, e ter domínio próprio... claro que a leitura e a oração são ferramentas para se fazer essas coisas, mas não posso me contentar somente com elas, preciso amar a Deus acima de qualquer coisa e saber que ele me ama e tem misericórdia de mim como tem de TODOS, até mesmo de quem eu ainda não gosto.
Um pensamento que tem me ajuda muito para que eu não sinto raiva das pessoas é saber que minha luta não deve ser contra carne e sangue (contra pessoas) e sim contra principados e potestades (que pra mim são coisas que me atrapalham enxergar a verdade), todos somos iguais e Deus ama a todos, eu creio nisso!!!

Não sei se o texto fará sentindo para quem vai ler, mas consegui descrever o que penso sobre o que sinto, não se você entendeu isso, mas tente descrever seus sentimentos, é difícil, mas não impossível.

Paula Flausino

1 Comments:

Anonymous Sarah said...

Paula!
Que bom lê-la. Você não pede entendimento para seu texto, mas quero repartir contigo que o senti... Já comentei... algumas pessoas tem falado sobre coisas minhas, sem mesmo saberem o que penso ou quem sou... parece que você foi uma delas...
Tudo de bom pra você.

2:42 PM  

Postar um comentário

<< Home